Viagem teste – Yamaha MT-09 Tracer

0 3.843
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Misturando os conceitos de naked e big-trail, descobrimos na MT-09 Tracer uma moto que agrega agilidade e conforto para longas viagens

Texto e fotos: Francis Vieira 

A MT-09 já é uma grande companheira da Motors Company nas pistas. Depois de Leandro Mello vencer as 500 milhas na categoria Força Livre em 2015, a naked de 3 cilindros da Yamaha passou a ser utilizada por ele nos cursos e por toda equipe de instrutores Motors Company. Mas, o que podemos dizer sobre a nova MT-09 Tracer? Pegamos a estrada até São Bento do Sapucaí SP com a mais nova integrante da família MT no Brasil para responder esta pergunta.

Embora seja projetada a partir da plataforma da versão naked, a MT-09 Tracer traz uma série de alterações. Mudanças essas que tornam a experiência de pilotar a Tracer única e deixa claro que sua proposta é oferecer mais conforto e comodidade para longas viagens sem abrir mão de uma ciclística leve e ágil. Prova disso é o guidão largo e alto que torna a posição de pilotagem mais confortável.

O banco bipartido com ajuste de altura entre 845 mm e 860 mm (815 mm na versão naked) com formato menos afilado na junção com o tanque é uma das características que reforçam o conforto na MT-09 Tracer. Esta combinação incide uma posição de pilotagem semelhante a uma big trail, mantendo o piloto com braços mais abertos, coluna ereta e pernas menos flexionadas.

Para-brisas com altura ajustável, protetores de punhos e generosas alças que ladeiam o banco do garupa também fazem muita diferença quando se pretende pilotar por algumas horas seguidas. Por falar nisso, o tanque com capacidade para 18 litros (4 litros a mais que a versão naked) oferece autonomia suficiente para rodar até 350 km.

 

Na estrada

Em ritmo rodoviário a MT-09 Tracer revela que esta é sua verdadeira vocação. O motor, silencioso e que transmite baixa vibração ao piloto, é o mesmo da versão naked e mantém a característica de oferecer respostas contundentes em todos os regimes de rotação. Com 115 cv de potência e 8,92 kgf.m de torque, seu potencial é suficiente para ultrapassar com facilidade os 200 km/h; contudo, a Tracer é limitada eletronicamente em 180 km/h reais.

As respostas incisivas do motor podem ser atenuadas com os mapas de entrega de potência, também presente na versão naked. São três opções que vão de resposta plena à acelerações suaves, ideais para pilotagem em dias de chuva. Seu pacote eletrônico inclui freios ABS de série e, diferentemente da versão naked, é equipada com sistema de controle de tração.

A alma naked da MT-09 Tracer se aflora na hora de atacar curvas e o motivo está na ciclística muito próxima de sua predecessora. Para se ter uma ideia, ela utiliza as mesmas medidas de rodas e pneus, as suspensões possuem o mesmo curso (elevado para uma naked, mas reduzido para uma trail) e até a distância entre eixos é igual nas duas versões. Basta encarar uma estrada sinuosa para entender que o conforto em momento algum compromete a esportividade da Tracer.

 

Terra?

Como toda boa viagem, muitos tipos de pisos são enfrentados até o destino. E depois do trecho urbano, rodoviário e serrano, chegou a hora das famigeradas estradas de terra. Foi onde a Tracer mostrou que está mais para uma naked do que para uma trail ainda que as suspensões demonstrem um excelente equilíbrio entre maciez e estabilidade.

Em trechos de terra batida ela se sai bem em manter certo conforto e os assistentes como controle de tração e freios ABS dão muita segurança na pilotagem. Mas, para encarar caminhos menos transponíveis, com irregularidades como pedras e valetas, a Tracer mostra que os 137 mm de curso na dianteira e 130 mm de curso na traseira são limitados e obrigam mais cautela e destreza do piloto.

Nos passeios de baixa velocidade já na pacata cidade de São Bento do Sapucaí, a ventoinha do sistema de arrefecimento do motor entra em ação com facilidade, mas o ar quente dificilmente incomoda nas pernas, mostrando que a MT-09 Tracer é boa opção em ambiente urbano – salvo a largura do guidão que pode dificultar ao passar em espaços estreitos.

Ao final da viagem a experiência com a MT-09 Tracer não poderia ter sido melhor. Uma moto Confortável e divertida, mas que clama por vias pavimentadas e, de preferência, com muitas curvas. Disponível nas cores cinza fosco e vermelho metálico, a Yamaha MT-09 Tracer sai pelo preço sugerido de R$ 45.900 + frete.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.